No Brasil tem que ter QI ou LinkedIn – Parte 3

Elencar e gerenciar fontes de informação não é tarefa fácil, afinal, a cada dia, queremos mais conhecimento, com menos tempo disponível, correto? Em relação a segunda tarefa, a tecnologia ajuda, hajam vista os diversos gerenciadores de conteúdo disponíveis. Entretanto, continuamos responsáveis pela priorização ou escolha das fontes de informação.

Dessa forma, sugerir aqui mais uma delas pode parecer incoerente, porém, a ideia é proporcionar mais opções para – sua – escolha, esta dependerá do seu foco, do tipo de informação que lhe interessa.

O LinkedIn possibilita a criação de grupos nos quais membros poderão discutir e compartilhar informações, além de poderem qualificar essas ações. Na prática, um simples clique no botão “Like” pode difundir a informação de maneira mais eficiente. Isso já acontece em outros sites de relacionamento, mas, dificilmente reunindo público equivalente, do ponto de vista profissional.

Além de promover discussões, nos grupos são publicados anúncios de vagas de emprego, prática muito útil para um recrutador dado que, caso ele precise de um profissional de Segurança da Informação, por exemplo, faz-se mais fácil enviar apenas uma mensagem para determinado grupo desta área de conhecimento.

Enfim, indico aos leitores e interessados em ingressar no mercado de SI uma breve lista de grupos dos quais muitos membros da comunidade de SI fazem parte, na esperança de compartilhar mais fontes de informação e, por que não, oportunidades.

Grupos no LinkedIn – Segurança da Informação – Oportunidades na área

Computação Forense Brazil  
Computer Forensic Professionals 
CSIRT Brasil  
Information Security Careers Network 
Information Security Community 
InfoSec Careers 
Networking e Vagas em Bancos e Instituições Financeiras 
TI Especialistas – Brasil

Os grupos podem ser encontrados por meio do mecanismo de busca do próprio site. Sentiu falta de algum grupo o qual julga importante? Mande nos comentários!

No próximo e último post da série: Profile tuning por meio da edição de campos específicos sobre habilidades e qualificações.

Links relacionados

Parte 1 – Preenchimento do Perfil
Parte 2 – Integração com Twitter e Blogs